Veja como suíço transforma destruição em arte

O que seria mera destruição, nas mãos de um artista e sua técnica, transforma-se em obra de arte. À primeira vista, a obra de Simon Berger pode parecer acidente ou vandalismo. O artista suíço faz retratos sobre vidro usando uma técnica inesperada: a marteladas.

Com um martelo e um cinzel, o artista é capaz de transformar destruição em arte. Além disso, tudo que é considerado resíduo, resto, lixo para a maioria de nós – como madeira, lataria e outros materiais – para Berger é matéria-prima de sua arte.

Leia também:
Técnica com luz revela cores originais de estátuas gregas
Estatua desfigurada de São Jorge é restaurada na Espanha
Obra de Picasso é recuperada duas décadas após roubo

Utilizando suas origens como carpinteiro para trabalhar a madeira, “Com a minha experiência de trabalho, encontrei uma técnica que é provavelmente a mais exclusiva em todo o mundo”, disse em entrevista à DW.

O artista exibiu algumas das suas obras em Basileia, na Suíça, na galeria Artsübli, uma das instituições que promove a arte urbana do país. “O vidro é um material com muito potencial na arte”, explica.